Anedota: Perigos da Aguardente

Um homem chega a um bar e vê um cesto cheio de dinheiro no canto. É claro que pergunta: – Por que motivo está este cesto cheio de dinheiro? E o barman:
– Bem, você paga 10€ e, se passar por três testes, então terá todo o dinheiro do cesto…

– Quais são os testes?

– Primeiro pague. Esta é a regra.

Então o homem pagou ao barman os 10 € e este colocou a nota no cesto, com as demais.
– Ok. Aqui está o que tem de fazer: – Primeiro: tem de beber esta garrafa de Aguardente, tudo de uma vez só e sem fazer nenhuma careta.

– Segundo: há um Pitbull lá fora, com um dente estragado, que lhe dói muito. Tem de arrancar o tal dente com as suas próprias mãos.

– Terceiro: há uma senhora de 90 anos, no segundo andar, que nunca teve um orgasmo na vida. Terá que fazer amor com ela e fazer com que ela finalmente o tenha. – Não posso fazer tudo isso..é impossível!!!

Mas como o homem estava mesmo aflito de dinheiro, resolveu aceitar o jogo: – Onde está a Aguardente?

O barman deu-lhe a garrafa. O homem agarrou com as duas mãos e entornou-a inteira pela boca, sem fazer nenhuma careta, apesar das lágrimas escorrerem pela cara. Depois, levantou-se com dificuldade, olhou para todos, com cara de valente, e saiu do bar em direcção ao Pitbull.

Todos ouviram os latidos do cão, os gritos do homem, uma confusão infernal, até que o Pitbull uivou longamente, por 3 minutos, e, de repente, um silêncio imenso pairou no ar. Todos pensaram que o homem tinha morrido. Repentinamente, ele entra no bar, todo arranhado, e pergunta:
– E agora, onde está a velha do dente estragado?