Anedota: Por falar em Trabalho

Em Portugal um incêndio num edifício de 4 pisos, fez vários mortos. Viviam no 1º andar 2 deputados que ficaram queimados. No 2º piso viviam uma família de políticos, também morreram no fogo. No 3º piso era a sede de uma loja Maçon, onde se estavam a fazer rituais da maçonaria, também foram vitimados 12 membros.

Uma família de portugueses, empregados do Pingo Doce, que viviam no 4º andar foram os únicos sobreviventes.

Várias entidades acharam estranho que os sobreviventes tenham sido os que viviam no andar onde era menos provável salvarem-se, e exigiu-se que se investigassem os sobreviventes, por haver suspeita de terem sido eles a cometer o crime, levaram a cabo uma grande investigação policial e dos bombeiros.

Mas o Chefe dos Bombeiros foi muito claro e explícito, na conclusão da investigação:
– “Os sobreviventes que viviam no 4º andar do edifício sobreviveram, porque tinham ido trabalhar!”