Cadáver de monge budista fotografado a sorrir depois do seu corpo ter sido desenterrado

Surgiram fotografias incríveis na internet a mostrar o cadáver de um monge budista a sorrir, depois de terem exumado o seu corpo, dois meses depois da sua morte.

O monge Luang Phor Pian faleceu com 92 anos de idade no dia 16 de novembro do ano passado, num hospital em Banguecoque, Tailândia.


O seu corpo foi recentemente exumado pelos seus seguidores, sendo que o caixão dele se encontrava num templo. Quando Luang foi desenterrado, as pessoas ficaram incrédulas com o que viram e muitas acreditaram que se tratou de algo divino.

De acordo com a imprensa local, o corpo estava num estado “de alguém que não estava morto há mais de 36 horas”.

Os seguidores do budismo, todos presentes aquando da exumação do corpo, disseram que a maneira como encontraram o corpo – sendo que até encontraram o cadáver a sorrir – é um sinal de que o monge alcançou o Nirvana – a última meta espiritual para os budistas.

Reporta-se que o cadáver de Phor Pian foi removido para colocarem um robe novo no corpo e que toda a gente ficou estupefacta com o facto de o monge estar a sorrir.

Muitas pessoas aproveitaram a oportunidade para tirarem fotografias ao “monge sorridente”, fotografias essas que já foram todas parar às redes sociais…

Phor Pian nasceu no Cambodja mas mudou-se para a Tailândia, onde passou a maior parte da sua vida como espiritual e budista guru em Lopburi, onde era muito conhecido e respeitado.

Os seguidores dedicados do monge continuarão a rezar por ele até que ele finalmente descanse em paz, depois de uma cerimónia especial a ser feita 100 dias após a sua morte.