Cheirar peidos pode prevenir o cancro, ataques cardíacos e demência

Parece que os puns podem ser a salvação para uma série de problemas da nossa vida. Depois de investigadores dizerem que soltar um pum na frente do companheiro fortalece o relacionamento, um estudo conduzido por cientistas da Universidade de Exeter, revelou que o cheiro de flatulência (peido, pum) tem propriedades curativas.

O estudo concluiu que o gás Sulfeto de Hidrogénio, que é encontrado também do cheiro exalado de ovos podres e no pum humano, pode reduzir o risco de doenças como o cancro, ataques cardíacos, acidentes vasculares cerebrais, artrite e até demência (Alzheimer).

Os resultados, que foram publicados no Journal Medicinal Chemistry Communications, revelaram que o impacto do gás Sulfeto de Hidrogénio atinge as células, directamente nas mitocôndrias. A exposição celular ao gás parece prevenir o dano mitocondrial. Ao que parece, o sulfeto de hidrogénio produzido enquanto as bactérias vindas do alimento se decompõem no corpo, pode resultar em futuras terapias para uma variedade de doenças.

No entanto, antes de iniciares a tua inalação de flatulências alheias, é bom saberes que a experiência foi limitada à exposição celular em laboratório. Ou seja, a pesquisa ainda tem um carácter preliminar, mas os investigadores acreditam que em breve terão desenvolvido uma maneira de testar a descoberta em humanos.