É por isto que o The Undertaker é o melhor wrestler de sempre

The Undertaker está morto. Longa vida para ele. Não literalmente, claro, mas metaforicamente ele está morto – acham mesmo que ele morre?!

Parece que o combate com Roman Reigns na Wrestlemania 33 pôs mesmo um ponto final na carreira de The Phenom. Uma tristeza para todos os que acompanharam e ainda são fãs da modalidade! The Undertaker fica marcado como um dos melhores wrestlers de sempre a pisar um ringue, se não o melhor!

E argumentos não faltam…

The Undertaker fez parte da infância de muitos de nós e é triste saber que já não o vamos ver mais a pisar um ringue de wrestling. Vamos já deixar alguns pontos bem assentes antes de continuarmos:

1) Estamos perfeitamente cientes de que o wrestling é fake.

2) Sabemos que é provável que hajam performers no ringue talvez melhores tecnicamente do que ele, no passado e no presente.

The Undertaker pode não ter sido o melhor tecnicamente (pensando em Kurt Angle, Daniel Bryan, Bret The Hitman Hart), nem o melhor em termos de mic skills e carisma (The Rock, Stone Cold Steve Austin, Chris Jericho). Mas o que não podemos contrariar era que The Phenom tinha uma presença como mais ninguém tinha.

Apesar de ter começado a sua carreira na WCW como ‘Mean Mark’ Callous, foi a sua estreia em 1990 como The Undertaker que deixou um marco nas pessoas. Desde aí, nunca mais mudou o registo e nunca mais abandonou a WWE.

The Undertaker sempre foi leal para a companhia onde trabalhou. Fez sempre o melhor pela WWE: quando Shawn Michaels pensou em não “arrumar” Steve Austin na Wrestlemania 14, ele certificou-se que o HBK seguia o guião!

Para além disso, ele conseguiu sempre o respeito de todos, desde os mais jovens até aos lutadores veteranos: Ric Flair e The Rock são exemplos disso.

O respeito passou para os seus fãs e não interessaram as vezes em que os rosters mudaram e as marcas Smackdown e RAW se separarem, ou quantas vezes Triple H ou John Cena enterraram carreiras precoces, no final do dia Undertaker era aquele único que os fãs continuavam a apoiar.

O Deadman marcou pessoas e marcou gerações, acima de tudo. A sua figura icónica e a sua presença não serão esquecidas e o legado permanecerá para sempre no coração de todos os fãs da WWE!

Obrigado pelas memórias.