Pais que têm filhas meninas gastam 30% mais dinheiro do que se tivessem meninos

Um estudo da Abefin (Associação Brasileira de Educadores Financeiros) revelou que as filhas podem dar até 30% mais despesas aos pais do que os meninos. O grande “culpado” por essa disparidade é o “efeito Cinderela”, já que as meninas acabam por ter mais gastos com cabelos e unhas, roupas, acessórios e produtos de beleza.

De acordo com o presidente da Abefin, Reinaldo Domingos, o levantamento realizado nos últimos anos com 15 mil pais de crianças entre 7 e 12 anos mostrou que há muito mais opções de produtos voltados para o público feminino, como cadernos e outros produtos escolares, por exemplo. Há infinitas opções a mais para as meninas do que para os meninos.

Entre os 9 e 12 anos é o momento em que as jovens começam a gostar de se arranjar mais, e voltam os seus olhares para os produtos de beleza e maquilhagens, como champoos, cremes, batons, sombras e perfumes.

Especialistas destacam, inclusive, que muitos destes produtos, como roupas e brinquedos destinados às princesas são mais caros do que os direccionados aos rapazes. Apesar disso, é preciso educar as crianças – meninos ou meninas – de forma que não se desenvolva o consumismo desenfreado nelas, o que pode se complicar quando se tornarem adultos.

Fonte: AstrologiaBR