Procura-se marido…

Uma viúva de 70 anos de idade decidiu que era altura de voltar a casar. Assim, meteu um anúncio no jornal que dizia: “Procura-se marido! Tem de ter uma idade similar à minha, não me pode bater, não pode correr atrás de mim e tem de ser bom na cama. A todos os interessados, venham conhecer-me pessoalmente”.

No dia a seguir, ela ouviu a campainha. Para sua surpresa, quando abre a porta vê um cavalheiro de cabelo grisalho numa cadeira de rodas. Ele não tinha braços nem pernas.

“Tu não estás mesmo a pensar em ficar comigo, pois não?”, perguntou a viúva. “Olha bem para ti – nem sequer tens pernas!”

O cavalheiro sorriu e disse: “Assim não consigo correr atrás de ti!”

“Mas também não tens braços”, disse ela.

E mais uma vez, sorrindo, o homem diz: “Assim nunca te poderei bater!”

Ela franziu o sobrolho e perguntou: “Mas será que és bom na cama?”

O homem inclinou-se, fez um grande sorriso e disse: “Eu toquei à campainha, não toquei?”